sexta-feira, 30 de julho de 2010

Sexta-Feira 13 (VIII)

Hoje é sexta-feira.
Eu sou o 13.
E estes são os The Smiths

A punctured bicycle
On a hillside desolate
Will nature make a man of me yet ?
When in this charming car
This charming man
Why pamper life's complexity
When the leather runs smooth
On the passenger seat ?
I would go out tonight
But I haven't got a stitch to wear
This man said "It's gruesome that someone so handsome should care"
A jumped up pantry boy
Who never knew his place
He said "return the ring"
He knows so much about these things
He knows so much about these things
I would go out tonight
But I haven't got a stitch to wear
This man said "It's gruesome that someone so handsome should care"
Na, na-na, na-na, na-na, this charming man ...
Na, na-na, na-na, na-na, this charming man ...
A jumped up pantry boy
Who never knew his place
He said "return the ring"
He knows so much about these things
He knows so much about these things
He knows so much about these things

António Feio 1954/2010


Que sejas tão útil e precioso na tua nova vida quanto foste na vida que todos nós vivemos.
Obrigado António.
Descansa em Paz.

sábado, 24 de julho de 2010

Eu Vou

LISBOA CICLÁVEL - Semana Europeia da Mobilidade

A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) organiza a 19 de Setembro em Lisboa um passeio de bicicleta em comemoração da Semana Europeia da Mobilidade (que decorre de 16 a 22 de Setembro)
Terreiro do Paço – 9:00h / início - 9:30h - 24 km
Pretende-se continuar a reivindicar condições de segurança e conforto para todos os utilizadores de bicicleta nas cidades e uma redistribuição dos espaços público e rodoviário que aumentem as opções por outras formas de mobilidade (como é o caso da utilização da bicicleta) e a qualidade de vida urbana para todos.
Participe em eventos como este na sua cidade e aproveite para utilizar a bicicleta juntamente com os transportes públicos. Talvez verifique a possibilidade de integrar estas novas experiências no seu dia-a-dia e substituir a utilização do automóvel individual, caso ainda o utilize. Passará a contribuir para uma atmosfera menos poluída e uma cidade menos ruidosa e mais com mais espaço livre. Também poupará dinheiro e ficará em boa forma física.


fonte:FPCUB Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta http://www.fpcub.pt/portal/index.php

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Sexta-Feira 13 (VII)

Hoje é sexta feira.
Eu sou o 13.
E estes são os Tea Party.

Driven by restrained desire
I want what I need
Shacking as her sex takes hold
I've lost all control
Drowning in a sea of rage
I taste the embrace
Helpless as it steals my soul
I've lost all control
We exist in a world where the fear of
Iillusion is real
And we cling to the past to deny and confuse
The ideal
Once inside, we can conceive and believe in a god
we can't feel
Destined by a fate so cruel
And drugged to delight
Laughing as these lies unfold
I've lost all control
Temptation
It never lets me down
Temptation
One foot in the ground
Temptation
You satisfy my soul
Temptation
I've lost all control

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Hoje Achei 30 Euros!

HAHAHAHAHAHA!!!
30 Euros, assim, como quem não quer a coisa, no meio do chão...
HAHAHAHAHAHA!!!

sábado, 17 de julho de 2010

FAT

Em pleno período de férias, quando toda a gente se preocupa com as dietas porque têm que emagrecer, porque têm que ir à praia e porque têm que estar bonitas para ir à praia e para emagrecer graças á dieta, acabei eu com a minha primeira quinzena de férias.
Hoje, de regresso ao trabalho, deparei-me com vários colegas meus (principalmente as mulheres) a insinuarem que estou mais gordo.
Eu...
Mais gordo.
Passei parte das minhas férias a caracóis e minis. E dizem-me uma coisa destas.
Não me ofende. Apenas acho absurdo!
A única altura na minha vida em que fui gordo, foi em bebé, e ainda hoje estou para perceber porquê.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Sexta-Feira 13 (VI)

Hoje é Sexta-feira.
Eu sou o 13.
E estes são os Gotan Project.

Hay milonga de amor
hay temblor de gotán
este tango es para vos
Hay milonga de amor
hay temblor de gotán
Hay milonga de amor
Este tango es para vos
Hay milonga de amor
hay temblor de gotán
este tango es para vos

terça-feira, 13 de julho de 2010

Guilty Pleasure



de volta o senhor que me deixa com um sorriso parvalhão na cara.
De certeza o meu maior guilty pleasure!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Despertar Temperado com Limões

Segunda-feira.
Para muitos, o início de uma semana de trabalho. Para outros, a semana começa a qualquer dia, e o descanso semanal calha sempre fora do normal Sábado e Domingo. Pertenço a essa classe trabalhadora, onde a regularidade de combinar saídas a um Sábado e dormir até ás 16 horas de Domingo...bem, isso pode acontecer, quando se está de férias.
Atendendo à rotatividade de horários e dias de trabalho, a probabilidade de se estar simpático numa Segunda quando já se está a trabalhar à 5 dias, é muito reduzida. Mas existe sempre excepções. Há dias que acordamos bem dispostos. Ou porque está sol, ou porque conseguimos respirar e andar confortavelmente no autocarro sem sermos pisados, ou porque chegámos cedo e temos tempo de tomar o pequeno almoço, ou porque sacámos o último álbum de Morcheeba e estamos em "chill out mood". Um rol de factores que podem aliviar o síndrome de "porra, mais uma semana".
Ao invés da maioria das pessoas, hoje a minha face mostra sinais de simpatia moderada. Presumo que aos olhos dos outros não seja bem aceite, como pude comprovar quando liguei para o serviço de estafetagem do trabalho. A rapariga mal se ouvia, respondia monossilabicamente às perguntas que lhe colocava e não alterava o tom de voz, mesmo quando lhe pedi para falar um pouco mais alto porque estava com muita dificuldade em ouvir o som articulado das suas palavras. E no meio disto, desliga o telefone ficando eu na dúvida se a chamada tinha caído ou se ela se tinha enganado, pois pareceu-me dizer "aguarde". Volto a contactar. A mesma pessoa atende o telefone com a mesma voz dentro do poço, abafada com um casaco na boca. Em tom de brincadeira digo que realmente a chamada deve ter caído e se o meu pedido ficou então registado. Claro que ficou, aliás ela disse-me, eu é que não ouvi.
Disse? Para dentro, foi? pensei. Claro que tinha dito e despediu-se com um bom dia. Realmente ela disse, eu é que não tinha ouvido e o mais estúpido é que ela continuava a repetir que tinha o feito, dando a entender nas entrelinhas que não era mal educada e não gostou da observação que lhe fiz, sentindo-se ofendida. Só faltava dizer-me que devesse comprar um aparelho auditivo. E claro, a minha boa disposição azedou um bocadinho e respondi que finalmente tinha ouvido tudo o que tinha dito, pois a senhora fez um esforço para elevar a sua voz, deixando nas entrelinhas que se ela fala assim, imperceptível para todas as pessoas, então não será um problema de surdez da minha parte mas sim um problema de elevação de voz da parte dela e problemas desses género levam ao chamado efeito Larson, mais popularmente, feedback de áudio que se pode traduzir em má informação e irritações espontâneas. E simpaticamente despeço-me com a continuação de um bom dia e uma boa semana.

Não é uma situação para as "crónicas populares" mas bem que lhe assenta o ditado, "Estás mal? Come uma isca!"

Cu de cão e nariz de gente, nunca está quente

Tenho sempre o cu frio.
Ladro como um cão.
Isto aplica-se a mim?

Bom serás, se morto estás

Eu bem digo que ser bonzinho não é bom.
Viva à ruíndade!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Sexta-Feira 13 (V)

Hoje é Sexta feira.
Eu sou o 13.
E eles são os Alice in Chains

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Concerto Familiar

Deveria estar no preciso momento em que escrevo este post, a curtir no Optimus Alive, mas devido a uma despesa súbita e inesperada (ver razão dessa despesa no post Comboio 0502) não tenho outro remédio senão contentar-me com a transmissão em directo na Sic Radical.
Eu e a minha família conhecemos um dos elementos dos Moonspell há uma boa década e tal.
Em plena actuação da banda, a minha mãe (uma senhora com os seus 74 tenros anitos)entra no quarto e diz num tom admirado: "olha os muspeles!", e sentou-se ao meu lado a assistir ao espectáculo.
Qual não é o meu espanto, quando na música "Luna" a minha mãe começa a...digamos trautear (aquela coisa que os velhotes fazem...o larei leirari) na parte dos côros femininos.
"Olha esta conheço" diz-me ela.
E conclui com um inocente "vá anda jantar que o comer está na mesa".

Quem Tem Medo Compra um Cão

Quem não tem cão apanha uma cadela

Docinho, docinho!



Que belo figo te chamava, bebé!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

O Martelo Pneumático


Querido Pai Natal.
Eu sei que ainda é um bocado cedo para te chatear, mas abdico de todas as prendas em Dezembro, se em troca mandares o meu prédio abaixo de uma vez por todas, já que há aproximadamente um mês que acordo com a porra do barulho de um martelo pneumático, devido às obras incessantes nas casas dos meus "queridos" e "adoráveis" vizinhos.
Só te peço uma cena tipo "Destroyd in Seconds" do Discovery Channel e juro que nunca mais te peço meias nem cachecóis nem caixas de Ferrero Rocher.
Obrigado e a continuação de uma boa dieta.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Comboio 0502


Hoje decidi, ao fim de 3 anos, ir até à praia.
Devo ser dos poucos seres humanos que não é grande apreciador de praia. Mas de vez em quando até calha bem.
Chegámos ao Cais do Sodré (eu e o virgem), e deparámo-nos com um grupo enorme de turistas provenientes da Grécia junto das bilheteiras. E Hellas eram todas tão giras!!!
Quando finalmente chegámos à bilheteira para comprar um bilhete de ida e volta (no meu caso, já que o virgem tinha passe), lá fomos à nossa vida rumo a Carcavelos.
Chegámos à praia, demos o mergulho da praxe, uns toques na bola e uma mini (ao preço de um pack de médias) para a despedida.
Decidimos então, passadas cerca de duas horas fazer a viagem de regresso a casa.
Isto não é desculpa, mas como tenho tanto hábito de ir à praia (3 anos sem ir) como tenho de andar de comboio na linha de cascais, apesar de ter bilhete de ida e volta, esqueci-me de validar nas cancelas que nem sequer consegui vislumbrar na estação de carcavelos. Então, descansado da vida entrei no comboio 0502 e aquando do aparecimento do picarete (o homem que pica os bilhetes), descansado da vida lhe coloquei na mão o cartãozinho esverdeado. O título de transporte.
O Sr. Picarete passa o cartão na máquina portátil e verifica que não estava (e de facto não estava por esquecimento ou distracção minha) validado, ou obliterado como se dizia antigamente.
Mandou-nos sair do comboio e à frente de toda a gente decide passar-me uma multa de exactamente 141 euros e 75 cêntimos mais o valor acrescentado de um bilhete de cerca de 1 euro e tal correspondente a uma viagem (quando já tinha pago 3 euros e tal numa viagem de ida e volta).
Não é por acaso que não gosto muito de pessoas e o picarete poderia ter sido um pouco condescendente e deixar-me ir às cancelas validar a passagem que estava paga!
É óbvio que vou pagar a multa e que vos (à CP) faça muito bom proveito!
Afinal de contas estamos em época de férias e não sei até que ponto os picas não receberão uma certa comissão sobre as multas que passam.
O que é óbvio também é que não vou deixar de apresentar reclamação à CP por este acontecimento.
Face às notícias que temos ouvido sobre uns assaltos nesta mesma linha de comboios desta mesma empresa (CP), acho que preferia ter sido mesmo assaltado por esses indivíduos que agem em grupo, já que não vislumbrei qualquer tipo de força policial dentros das carruagens, e assim já não me sentia tão roubado porque eram pouco o dinheiro e objectos de valor que tinha comigo!
O sol estava bom e a água também! Só achei a mini que bebemos à despedida um bocado cara...

Ao quinto dia verás que mês terás

Vejo sempre o mesmo... fico com dinheiro para mandar tocar meia dúzia de cegos e comer uma sopinha.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Mais Ainda

Eu acho que este mês vamos colocar mais posts do que o mês anterior só mesmo por causa destas parvoíces.

Avaria Auricular

Qual é a pior coisa que se vos pode avariar?
É a porra dos phones!
Só porque um dos lados deixa de funcionar, tens que comprar uns phones novos!

Redes Anti-Sociais

Estamos a viver na Era das chamadas redes sociais, tais como hi5, facebook, orkut, badoo, Myspace, etc...
O que não me deixa de intrigar, visto que o propósito destas redes é mantermo-nos em contacto com amigos, família e colegas de trabalho, aquando da sua ausência física.
Agora eu penso, por exemplo, se tenho um determinado contacto de uma vizinha minha, e se está um calor danado lá fora, em vez de sair á rua, passear um pouco, aproveitar o sol para estar com ela, não.
Ligo o computador ou o telemóvel e socializo com ela sem levantar o cú da cadeira, do sofá ou até mesmo da cama.
Imaginem que me casei, e que a minha mulher está grávida e em trabalho de parto.
Em vez de estar ao pé dela a ouvi-la gritar de dôres, é só mandar uma mensagem para lhe dizer que é como se estivesse com ela e que só estou a pagar 3euros de internet portatil por dia, e que quando começarem as contracções mais fortes, ela que se ligue ao facebook porque vamos ter um filho.
Mas não.
No facebook não pode ser porque o nosso futuro filho ainda não tem lá conta aberta.
No hi5 também não porque está cheio de spam e tenho medo que faça mal ao menino.
No orkut muito menos porque tem demasiadas aplicações e tenho medo que faça mal ao menino.
Então e se for menina?
No hi5 não porque é só malta que anda ali ao engate.
No facebook também não porque tem que ser maior de idade.
E no Myspace também não porque a criança ainda nem nasceu sequer e como tal, não tem ainda qualquer talento musical.
Não sou contra estas redes sociais (sou sou). Mas o uso abusivo das mesmas vai acabar por nos tornar (cada vez mais) comodistas e anti-sociais.

domingo, 4 de julho de 2010

Metalosofia

"it takes people like you to make people like me,
it takes people like me to hate people like you"



Devildriver "another night in london"

O ladrão volta sempre ao local do crime

Só se for estúpido e quiser ser apanhado!

Olhar para a uva não mata a sede

Os olhos comem, não bebem!

O Melão e a Mulher são maus de conhecer

Hã?
Talvez uma mulher com ar agressivo e a salivar, com um melão na mão?
Não?

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Terapia de Choque

Sexta-Feira 13 (IV)

Hoje é Sexta feira.
Eu sou o 13.
E estes são os Mão Morta.

No calor da febre que me alaga toda a fronte
Sinto o gume frio da navalha até ao osso
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
E a luz do sol a fraquejar no horizonte
Já desfila trémulo o cortejo do passado
Que me deixa quedo, surdo e mudo de pesar
Vejo o meu desgosto na beleza do teu rosto
Sinto o teu desprezo como um dardo envenenado
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Sopra forte o vento na fogueira que arde em mim
Sinto a selva agreste nos batuques do meu peito
No cruel caminho em que me lança o desespero
Sinto o gelo quente do inferno do meu fim
No calor da febre que me alaga toda a fronte
Sinto o gume frio da navalha até ao osso
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
E a luz do sol a fraquejar no horizonte
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Sinto o cão da morte a bafejar no meu pescoço
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti
Morro Morro No altar de ti

A água silenciosa é a mais perigosa

É aquela que não corre. Vem devagarinho, pé ante pé, tipo assaltante e depois zás!

A União Faz a Força

Porque sozinho não vales nada...

Transpiração com Inspiração



Foram estas as palavras que ouvi da boca de Queiróz na rádio, quando o entrevistaram antes do jogo Portugal - Espanha.

Eu de futebol, percebo tanto como de galináceos. Mas uma coisa é certa, percebo que a transpiração que nos afastou do mundial não estava nada inspirada...

A água corre para o mar

Ou seja, a água que eu utilizo e deito fora, vai pelo cano, passa pela estação de tratamento, vai para o mar...então e do mar vai para onde?

ou então

vai a correr para quê? Está com pressa, é?

Frustação

É quando fazemos um post bem trabalhado, racionalizado e a estúpida da internet bloqueia. E quando vamos tentar aceder ao blog e ás mensagens editadas, o nosso trabalhinho não ficou guardado!!!